Pular para o conteúdo principal

Manifestação em favor dos direitos dos animais reúne 300 em Uberaba

Manifesto com foco na proteção animal em todos os aspectos movimentou a cidade no último domingo. Apesar da inscrição de cerca de 900 pessoas, aproximadamente 300 compareceram e participaram da passeata, que saiu da praça Rui Barbosa rumo à Prefeitura de Uberaba para reivindicar penas maiores aos responsáveis por crimes praticados contra os animais. A mobilização aconteceu em nível nacional. 

De acordo com a coordenadora da Sociedade Uberabense de Proteção dos Animais (Supra), Denise Max, apesar de a organização ter esperado número maior de pessoas, a quantidade de manifestantes foi o suficiente para chamar a atenção da população. Jovens, crianças e adultos caminharam pelas ruas da cidade em manifestação pacifica para que as condições de vida dos animais melhorem. “As crueldades contra os animais acontecem há todo momento. Por isso estamos reivindicando penas maiores para o tráfico de animais silvestres, que está em terceiro lugar entre os crimes mais cometidos, perdendo somente para drogas e armas. E também penas maiores para os crimes domésticos. Infelizmente a zoofilia é um fato que acontece com frequência no Brasil e as pessoas, na maioria das vezes, cumprem apenas penas comunitárias e quando há prisão, não ultrapassa três meses de reclusão”, explica. 

O grupo saiu da praça Rui Barbosa, passou pela rua Manoel Borges, avenida Santos Dumont, virou na rua Medalha Milagrosa, rumo ao Centro Administrativo, e no local foram afixados cartazes com cobranças à própria Prefeitura e algumas dirigidas ao Ministério Público. “Entre as solicitações ao prefeito, pedimos a ampliação do Centro de Controle de Zoonoses, que hoje atende apenas animais doentes, o que torna impossível o recolhimento de animais saudáveis”, explica Denise, ressaltando que tem oito anos que a Supra cobra a ampliação e que pelas últimas notícias a PMU deverá atender, com reforma prevista para este ano. Ela também diz que o grupo pede que a chipagem dos animais seja para todos e não apenas para aqueles cujos donos são inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal, como tem sido cogitado.

Fonte: www.jmonline.com.br


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Sousa

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações par…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL