Pular para o conteúdo principal

Lei prevê direitos aos usuários de transporte coletivo

A lei federal 12.587, que instituiu a Política Nacional de Mobilidade Urbana, prevê mudanças nos diferentes modos de transporte, visando a mobilidade de pessoas e cargas no país. Segundo a lei, além de mobilidade urbana, determina direitos dos usuários do transporte coletivo. Dentre elas estão a obrigatoriedade de informações nos pontos de embarque e desembarque, sobre itinerários, horários, tarifas dos serviços. Alguns pontos já estão sendo cumpridos em Uberaba, já que nos pontos de ônibus painéis já dão estas informações.

As regras que definem as tarifas a serem cobradas também estão estipuladas. Em Uberaba, no próximo dia 5, acontece audiência pública para debater a tarifa do transporte público. De acordo com a nova política, os entes federativos poderão fazer uso de instrumentos de gestão como restrição e controle de acesso e circulação, permanente ou temporário, de veículos motorizados em locais e horários predeterminados. Em algumas cidades, como São Paulo, já utiliza o sistema de rodízio de automóveis na tentativa de amenizar os problemas de trânsito. A lei prevê também a aplicação de tributos para utilização da infraestrutura urbana, visando a desestimular o uso de “determinados modos e serviços de mobilidade”. Mas garante que os recursos obtidos por esse meio serão aplicados exclusivamente em infraestrutura urbana “destinada ao transporte público coletivo e ao transporte não motorizado”, e no financiamento do subsídio público da tarifa de transporte público.

Aos entes federativos caberá, segundo a lei, estipular padrões de emissão de poluentes para locais e horários determinados, bem como monitorar e controlar as emissões dos gases de efeito local e de efeito estufa, podendo, inclusive, restringir o acesso a vias com índices críticos de poluição. Poderão, ainda, dedicar espaço exclusivo nas vias públicas para os serviços de transporte público coletivo e para meios de transporte não motorizados, além de estabelecer políticas para estacionamentos públicos e privados.

No plano de governo do prefeito Paulo Piau estão previstas ações neste sentido, como a implantação de viadutos em pontos estratégicos da cidade, melhoria nos acessos e a infraestrutura das entradas na cidade e das comunidades rurais; melhoraria das condições gerais do trânsito e transporte a partir da implantação de novas rotas alternativas assegurando a melhoria da malha viária urbana, de forma a reduzir o fluxo de veículos na área central, incentivando inclusive minidistritos nos bairros e estudar as vias urbanas visando a implantação de ciclovias protegidas e adequando a legislação de exigência de ciclovias nos novos loteamentos. E são estes pontos que estão em estudos pela equipe da atual Administração municipal.

Fonte: www.jornaldeuberaba.com.br




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

BRASIL APLICA CHOCOLATE EM CIMA DA POLÔNIA

Em clima de páscoa, o Brasil entrou em quadra a fim de presentear a torcida uberabense com um belo espetáculo. A Polônia tentou dificultar o jogo, mas a tradição falou mais alto e a seleção canarinho vence o duelo por 5 a 0. 
O JOGO:
1º Tempo - O brasil começou pressionando a Polônia e em uma bela jogada, Marcel rolou para Leandro Lino abrir o placar. O Brasil continuou em cima, mas a seleção adversaria melhorou a marcação, equilibrando a partida e criando algumas oportunidades.. Em uma ótima troca de passe, o pivô polones Lutek, abre espaço e bate forte para a grande defesa de Guitta. Em mais um ataque adversário, o chute cruzado de Zatavinik passa triscando a trave; Varias jogadas para ambos os lados mas nada de sair o gol. Na reta final, o grande goleiro da Polônia, Kaluza, impediu em duas oportunidades que o fixo Rodrigo ampliasse o placar. E faltando apenas 7 segundos para fim do primeiro tempo, o ala Marcel faz bela jogada, solta a bomba e Kaluza salta para a defesa.

2º tempo - …

CRAQUE FALCÃO É CORTADO DOS AMISTOSOS EM UBERABA

O ala Falcãosofreu uma lesão muscular na coxa direita, após partida entre Sorocaba e Blumenau, pela Liga Nacional de Futsal e não poderá defender a Seleção Brasileira nos amistosos diante da Polônia nesse final de semana em Uberaba. Para sua vaga, a comissão técnica convocou o pivô Rocha, parceiro do camisa 12 na equipe do Sorocaba.
Com isso, o melhor jogador de futsal de todos os tempos adia o sonho de atingir a marca de 400 gols defendendo a Seleção Brasileira. Falcão está atualmente com 396 gols e é o maior artilheiro dentre todas as seleções do mundo ligadas ao futebol.
Já o pivô Rocha tem 22 anos e é considerado uma das grandes promessas da posição. Ele fez parte do elenco que conquistou a Copa América de Futsal em 2017.
A apresentação da Seleção Brasileira ocorre na quarta-feira dia 28. Os dois confrontos serão realizados no Centro Olímpico Wagner do Nascimento, na Univerdecidade, nessa sexta-feira a partir das 19h15, com transmissão do SporTV. E no domingo, a partir das 10h, c…