Pular para o conteúdo principal

DOCENTES DA UFTM CONTINUAM EM GRAVE

Na última sexta-feira, o Comando Local de Greve, realizou Assembleia Geral com o corpo docente no campus I da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), para discutir a manutenção ou o fim da paralisação. Com 70 votos favoráveis, 10 contrários e 7 abstenções, os docentes aprovaram a continuidade da greve, sem data definida para sua suspensão.

Foto: Reprodução

O CNG está reunido em Brasília, com delegados de mais de 40 universidades para decidir se vota pela continuidade ou não da greve e, em caso de sua suspensão, indicar uma data.


Das 59 instituições, 53 estão paradas. Hoje, completou 109 dias de greve da UFTM. O governo já apresentou três propostas de negociação, as quais foram rejeitadas pelo Comando Nacional. Segundo os grevistas, além de não suprirem os reajustes anuais de inflação, também não tratam das perdas.

A situação está ficando delicada, pois o governo federal já disse que as negociações já estão encerradas e os docentes persistem na greve. Até que ponto isso é positivo? Não seria mais prudente o retorno das aulas e que as negociações sejam retomadas no próximo ano? Sabemos que, a educação no país sempre fica para o segundo plano, mais os maiores prejudicado nessa história são os alunos que estão no meio do "fogo cruzado" aguardando ansiosos pelo retorno das aulas. Aguardamos as cenas dos próximos capítulos...









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL