Pular para o conteúdo principal

Naça faz proposta para ter Leandro Carrijo

Se a promessa de revelar o nome do novo reforço do Naça foi feita no programa JM Esportes - 1º Tempo de segunda-feira, a confirmação veio na manhã de ontem quando o treinador optou por divulgar o nome do camisa 9 do Nacional. Ainda na segunda-feira, o treinador estava amplamente empolgado com o contato.

"Posso nas próximas horas dar uma boa notícia pra vocês. Tenho certeza que é algo de muito bom que vai acontecer. Temos intenção de buscar um centroavante muito conhecido na cidade. Já iniciamos uma paquera que está se transformando em paixão, só que a parte financeira ainda não foi acertada e tudo isso será programado”, revelava Medina. E parece que tudo se revelou mesmo. 

Já na manhã de ontem, o técnico optou em divulgar o nome do atleta e aguardava um posicionamento do atacante. Trata-se do atacante Leandro Carrijo, 26 anos, que já atuou profissionalmente no Uberaba Sport (2005), despontou no Nacional (2006), foi atuar no Democrata em 2007, onde foi eleito o jogador revelação do Campeonato Mineiro do Módulo I. Na mesma temporada foi contratado pelo Atlético-MG. No Galo, Carrijo jogou seis partidas e anotou somente um gol. Sem chances no Atlético-MG, o atacante foi emprestado para a Portuguesa para disputa do Campeonato Paulista. Ainda em 2008, retornou ao Galo para rescindir contrato e se transferir para o Vitória de Setúbal, de Portugal. Jogou uma temporada no clube português, foi negociado com o futebol chinês para atuar do South China, onde jogou a temporada de 2009. Em 2010, teve passagem apagada pelo Bangu-RJ, retornou a China para defender as cores do TSW Pegasus, atuando nos anos de 2010 (segundo semestre), 2011 e 2012 (primeiro semestre). Atualmente, o atleta analisa propostas do futebol chinês e brasileiro. 

O treinador explicou que o convite já foi feito. “Fizemos um contato com ele e esperamos agora sua resposta. Temos que ter calma pois não podemos fazer loucuras e oferecer algo que não  possamos cumprir depois”, contou. 

Medina ainda finalizou dizendo que acertando ou não com Carrijo, o departamento de futebol continua em busca de atacantes. “Se o Leandro aceitar nossa proposta, mesmo assim teremos que buscar mais um atacante que jogue pelos lados do campo. Caso não dê certo, a prioridade é encontrar um jogador com características  semelhantes”, finalizou Medina. 
 
 
 NAÇA RUMO A TÓQUIO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - SUPLA

Por: André Montandon e Verônica Sousa



EDUARDO? SUPLA? PAPITO? CHAMPS!

Com mais de 1.800 shows, 190 músicas, 48 clipes, 17 discos em seus 30 anos de carreira. Eduardo Smith de Vasconcelos Suplicy, iniciou aos 14 anos de idade tocando bateria na banda Os Impossíveis. Mais tarde, entrou para a banda Metrópolis, mas logo foi convidado para ser o vocalista da banda Tokyo - onde teve grande destaque no cenário nacional. 
Em 2009 Supla e seu irmão João, decidiram formar o Brothers Of Brazil, com o qual ganharam destaque internacional e realizaram só entre o Reino Unido e os EUA mais de 250 shows. De volta a carreira solo em 2016, o artista lançou esse ano o álbum bilíngue, "Illegal". E Uberaba, teve a oportunidade de conferir um pouco desse novo trabalho, no show realizado no dia 18 de maio na Casa de Giulietta, onde Supla foi acompanhado pela banda Dillinger. Aproveitamos essa visita para bater um papo com esse ícone do rock nacional. Confira:
- Como foi o processo de criação do seu …

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Sousa

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações par…