segunda-feira, 11 de junho de 2012

Clientes de última hora aquecem as vendas para o Dia dos Namorados

A data que para muitos lojistas é considerada a segunda melhor do ano e para outros a terceira melhor – neste caso, atrás do Natal e Dia das Mães – deve apresentar aumento nas vendas. Por conta disso, no sábado, o comércio de rua funcionou em horário especial, até as 18h, com uma oportunidade a mais para o consumidor garantir o presente.
 
A expectativa dos lojistas é de aquecimento nas vendas de quase 10% em relação a 2011, tanto nas lojas de rua, quanto no shopping. Somente no comércio de rua a previsão é de aumento na ordem de 6% a 8%, em relação ao ano passado. De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Fúlvio Ferreira, a movimentação de clientes no final de semana foi muito boa.
 
“O comércio está comemorando, pois o Dia dos Namorados foi divido em três, muitas pessoas compraram o presente na véspera do feriado, no dia 6 de junho, outros no fim de semana e a movimentação de sábado foi excepcional, as lojas daqueles ramos mais procurados estavam lotadas e agora a expectativa é para hoje, dia em que muitos casais ainda devem procurar o comércio para comprar o presente. Além disso, ainda contamos com os consumidores de última hora”, explica.
 
Esta é a situação do casal Maria Paulino e Márcio Lima, que ainda não compraram o presente do Dia dos Namorados. Juntos há 14 anos, não deixam nunca a data passar em branco. “Ainda não escolhi o presente para minha namorada, mas ainda tem tempo, quero encontrar um ótimo presente para ela. Acho que o Dia dos Namorados tem que ser lembrado sim, independente de tempo de namoro, a vida é bastante corrida e dias como este devem sim ser comemorados. Já estamos programando uma noite especial”, revela Márcio. 
Por outro lado, o casal Rodrigo Oliveira e Aline Silva Martins já comprou o presente para celebrar a data, e, segundo eles, encontraram preços acessíveis. De acordo com Rodrigo, os lojistas querem vender mesmo, estão fazendo descontos e as formas de pagamento adequadas. Porém, quanto à noite especial, no dia 12, segundo Aline, com certeza a comemoração será adiada, pois a data é no meio da semana, e por conta do trabalho não será possível. 
 
Mesmo com muito movimento, os transtornos causados pelo Projeto Água Viva foram inevitáveis durante o fim de semana. O presidente da CDL não esconde que as obras estão se tornando um grande problema para os comerciantes, ainda mais por conta do Dia dos Namorados. “É com pesar que vimos que as obras chegaram exatamente neste período, logo depois do Dia das Mães, mas impactando diretamente no Dia dos Namorados, o que é muito prejudicial. Algumas lojas estão sentindo na pele e outras na carne este transtorno. Mas é preciso driblar o problema, é neste momento que os comerciantes devem mostrar a criatividade no marketing”, explica Fúlvio, lembrando da Campanha Comércio Ativo, que tem o intuito de incentivar a compra.
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário