Pular para o conteúdo principal

QUANTIDADE REFLETE QUALIDADE? - POR O BRASILEIRO


Em meio as discussões em torno da votação/aprovação do aumento do número de vereadores no município de Uberaba, de 14 para 21 representantes, dividiu a opinião da população. De um lado, os defensores (especialmente os vereadores, é claro) argumentavam que a mudança trará maior representatividade à população uberabense, sem que haja aumento nos gastos públicos. Do outro lado, os opositores alegam que a decisão dos vereadores se dá em momento extremamente inoportuno e uma oneração aos cofres públicos em virtude do grande número de “indicados” que cada vereador costuma distribuir pelos órgãos municipais. Outro ponto apresentado a medida, é que ela só acontece porque os atuais vereadores tem receio de não conseguirem se reeleger face o descrédito da classe com a população. Manifestações e abaixo assinado foram realizado, mas nada disso foi suficiente para sensibilizar os vereadores.

Plenário da Câmara de vereadores. Foto: Reprodução internet 
Legalmente falando, não há nada de errado, o numero poderia ser ainda maior - chegando a 23 vereadores, devido ao numero de habitantes da cidade. Outra coisa, o repasse para manutenção da Câmara, chamado duodécimo, permanece o mesmo, de 5% da receita do município. Vale ressaltar ainda, que foi aprovado a redução da verba destinada para manutenção dos gabinetes (recurso utilizado para nomeação dos assessores). 

Mas afinal, teremos uma maior representatividade??

Vejamos:

Se nas próximas eleições forem escolhidos 21 bons representantes, a alteração foi positiva. Mas se, os escolhidos no pleito são péssimos representantes, então não valerá a pena. 

Isso só depende de nós. 
A nossa arma é o voto. 
Devemos deposita-lo com consciência.

Ass. O Brasileiro.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - ČAO LARU

Por: André Montandon

A banda Franco-Brasileira, formada por quatro brasileiros e duas francesas, vem rodando o mundo em uma Kombi e Motorhome desde 2016. Os músicos se conheceram em Rennes, na França, e desde então, já passaram por mais de 20 países; Lançaram em 2016, o EP “Čao Laru  e o disco, “Kombiphonie”, em 2017.  No ano passado, a turnê deste álbum rendeu mais 150 shows, no Brasil (inclusive em Uberaba), Argentina, Chile, França e Suíça.
Agora, o grupo está na estrada divulgando o seu 2º disco, "Fronteiras", no qual refletem sobre as barreiras que nos separam a partir das vivências que os músicos tiveram nos países que visitaram. E nesse sábado, dia 20 de abril, teremos o prazer de conferir de perto esse belo trabalho, com a apresentação da banda no Cine Teatro Vera Cruz, às 20h, com entrada gratuita. Aproveitamos essa visita, para bater um papo com o baterista e produtor desse disco, Felipe Trez. Confira:
- Como tudo começou e quando vocês decidiram se unir para desen…

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - BQUATRO

Por: André Montandon

Uma das mais tradicionais bandas uberabense em atividade, a Bquatro, vem imprimindo sua marca no cenário sudeste desde o ano 2000.

Com o seu Pop Rock de qualidade e estilo próprio, é sucesso garantido por onde passa. Já dividiram palco com o Capital Inicial, Tihuana, Wilson Sideral, Tico Santa Cruz, Raimundos, Nando Reis, CPM 22 e o Rappa. Foram destaque no Concurso de Bandas “Triângulo Music 2010”, conseguindo se figurar entre as três melhores bandas independentes de toda Minas Gerais. Em 2013, lançaram o seu 1° disco, uma produção autoral e independente que teve uma ótima recepção do público. No concurso de bandas "João Rock 2014", foi a banda mais votada pelo público entre as 1.140 concorrentes. No mesmo ano, participaram do Amplitude Rock Fest e da Semana do Rock de Osasco - São Paulo.

Formada atualmente por Marco Fábio (Vocal), Marcelo Vieira (Guitarra), Rogério (Teclados), Chaene da Gama (Baixo) e Cainã (Bateria), o grupo está passando por uma mud…