Pular para o conteúdo principal

DOMINANDO A AMERICA! RIO VENCE PRAIA E CONQUISTA O TETRACAMPEONATO


Pela terceira vez seguida, em pouco mais de um ano, o Rexona/Sesc/Rio de Janeiro e o Dentil/Praia Clube se encontram em uma decisão de título. No ano passado, as equipes decidiram a Copa Brasil e a Superliga Feminina de Vôlei. As duas finais vencidas pela equipe carioca. Além disso, pesa contra as mineiras o tabu de nunca ter vencido o Rio de Janeiro.

E o tabu permaneceu. O  primeiro set foi muito equilibrado com era esperado, com ótimos lances e também varias falhas de ambas os lados. Mas, na reta final do set, a equipe de Bernardino tomou a frente e no saque de Juciely, Ramirez do Praia recepciona mal e Anne aprovetou para fechar o set em 25 a 19. No 2ª set,  o equilíbrio se manteve, e o técnico do Praia, Ricardo Picinini, foi decisivo para a vitória da sua equipe. Após pedir dois tempos técnicos, as meninas do Praia encaixaram o jogo, para empatar a partida em 1 set a 1 com Claudinha explorado bloqueio (parcial 25 a 20).  

Praia Clube, Rio de Janeiro, Sul-Americano (Foto: Lucas Papel)
Foto: Lucas Pape
No quarto set, o Rio até abriu uma pequena vantagem, mas com três ataques de Alix, o time mineiro empatou em 8 a 8. Fabiana, em bloqueio simples, deixou o Praia à frente pela primeira vez. As equipes seguiram trocando pontos e a liderança do marcador. Em toque na rede de Fabiana, o Rio voltou a ter dois pontos de vantagem: 20 a 18. O time do Praia sentiu a diferença no placar, errou mais e viu as cariocas fecharem a parcial no bloqueio de Michelle: 25 a 19. Faltou agressividade do Praia nesse set.

No quarto set, o Rio voltou disposto a acabam com o jogo. Errando menos e mais consistente no ataque, abriu seis pontos (9 a 3). A defesa e a recepção do Praia pararam de funcionar e o time errou mais; deixando o Rio ditar o ritmo da parcial. Roberta colocou todas as atacantes para jogar e a vantagem aumentou com Juciely e ace de Gabi: 21 a 8. Mesmo buscando outras opções táticas, o Praia continuou apático, totalmente irreconhecível.  E viu o Rio fechar o set com Mayhara, em 25 a 10, e o jogo em 3 sets a 0.

Foto: Reprodução internet
Com a vitória, o time de Bernardinho, conquista o quarto título Sul-Americano, o terceiro consecutivo, e de quebre garantiu uma das vagas no Mundial de Clubes que será realizado no Japão. Essa foi 22ª vitória seguida do Rio de Janeiro sobre o Praia em jogos oficiais.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UMA BREVE HISTÓRIA DE UBERABA

O povoamento da região de Uberaba teve início, no final do século XVIII, com sesmarias concedidas pela Capitania de Goiás, entre elas, a Fazenda das Toldas, ainda existente, concedida a Tristão de Castro Guimarães, e as Fazendas Santo Inácio, Ponte Alta e Bebedouro, concedidas, em 1799, ao Tenente Joaquim da Silva e Oliveira, irmão do Sargento-Mor Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira, todas estas fazendas situadas ao sul da atual Uberaba.

O povoado de Uberaba, foi fundada, em 1809, pelo sargento-mor comandante da Companhia de Ordenanças do Distrito do Julgado do Desemboque da Capitania de Goiás, Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira.
A primeira casa de Uberaba, construída pelo Sargento-Mor Antônio Eustáquio, localizava-se na atual esquina da Praça Rui Barbosa com a Rua Artur Machado, do lado esquerdo de quem desce a rua Artur Machado.

Uberaba surgiu pela migração de familias que deixaram as já esgotadas regiões produtoras de ouro, porém fracas para agricultura, da Capitania d…

70 ANOS DA ESCOLA ESTADUAL MINAS GERAIS

Fundada em 1944, a Escola Estadual Minas Gerais é uma das instituições de ensino mais tradicionais de Uberaba e completa esse mês 70 anos. Uma série de ações serão desenvolvidas dentro e fora da instituição no intuito de apresentar para a comunidade uberabense toda a sua história.
Estão sendo realizadas diversas ações como, postagem de fotos antigas de alunos e funcionários na tentativa de descobrir que são os personagens de grande história. Entrevistas com ex-alunos, elaboração de um jornal contato a trajetória do minas, a construção de uma capsula do tempo que será aberta daqui à 10 anos, entre outras.
Um destaque especial para criatividade dos grafiteiros que deram vida aos muros externo do colégio. Demonstrando a importante da intervenção artística de grafiteiros na vida urbana. 


O prédio foi construído em 1929 e até hoje mantém as mesmas características. Foi nele que funcionou o primeiro quartel militar da cidade. E desde de 2013, o Conselho de Patrimônio Histórico e Artístico d…