Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

DOMINANDO A AMERICA! RIO VENCE PRAIA E CONQUISTA O TETRACAMPEONATO

Pela terceira vez seguida, em pouco mais de um ano, o Rexona/Sesc/Rio de Janeiro e o Dentil/Praia Clubese encontram em uma decisão de título. No ano passado, as equipes decidiram a Copa Brasil e a Superliga Feminina de Vôlei. As duas finais vencidas pela equipe carioca. Além disso, pesa contra as mineiras o tabu de nunca ter vencido o Rio de Janeiro.
E o tabu permaneceu. O  primeiro set foi muito equilibrado com era esperado, com ótimos lances e também varias falhas de ambas os lados. Mas, na reta final do set, a equipe de Bernardino tomou a frente e no saque de Juciely, Ramirez do Praia recepciona mal e Anne aprovetou para fechar o set em 25 a 19. No 2ª set,  o equilíbrio se manteve, e o técnico do Praia, Ricardo Picinini, foi decisivo para a vitória da sua equipe. Após pedir dois tempos técnicos, as meninas do Praia encaixaram o jogo, para empatar a partida em 1 set a 1 com Claudinha explorado bloqueio (parcial 25 a 20).  
No quarto set, o Rio até abriu uma pequena vantagem, mas co…

MESMO COM ADVERSÁRIO DURO, O PRAIA CLUBE CONQUISTA CLASSIFICAÇÃO

O Rio de Janeiro teve uma noite fácil, já o Praia.... Foi difícil, mas, a atual vice campeã da Superliga, conquistou na raça e na individualidade a vitória por 3 sets a 0 (25/18, 25/23 e 25/13) contra o fortíssimo San Martin (Per).

O San Martin veio disposto a colocar água no chopp do Dentil/Praia Clube e de todos o publico que torciam para uma final entre as equipes brasileiras. Logo de cara, as peruanas abriram o placar do jogo, mas logo em seguida o Praia empatou. O equilíbrio nesse set durou até o 15º ponto. Depois disso, a equipe de Uberlândia abriu vantagem através dos saques poderosos que dificultaram a recepção adversária. Fechando a parcial em 25 a 18.

O segundo set então, foi um teste para cardíaco. As ponteiras peruanas Leslie e Maguilaura calibraram o braço, marcando vários pontos para a sua equipe. Quando o placar estava em 17 a 13 para o San Martin, o técnico do Praia, Picinini, pediu tempo e teve aquela tranquila conversa com as suas jogadoras. E não é que deu certo? A…

RIO DE JANEIRO CHEGA TRANQUILO E FAVORÁVEL NA FINAL

Com tranquilidade e sem perder o controle do jogo, o Rexona/Sesc/Rio de Janeiro domínio o duelo entre as campeãs nacionais e fez 3 sets a 0 (parciais de 25/10, 25/6 e 25/16), no Villa Dora (ARG), pela semifinal do Sul-Americano interclubes de vôlei feminino.
No inicio, parecia que as argentinas iriam engrossar o jogo, mas só aparentemente. Mesmo depois de abrir com 2 a 1, as hermanas não conseguiram mais ficar a frente do placar. A equipe brasileira caprichou nos saques que desmontaram a defesa argentina. E quando o Villa Dora tentava o contra ataque, estava lá o bloqueio para impedir. E sem muitas dificuldades fecharam o set em 25 a 10. O segundo set então, foi um passeio, com vitória do Rio de Janeiro por 25 a 6.

No 3º set, a equipe argentina saiu na frente de novo; ponto a ponto o Rio conseguiu a virada em 13 a 12, o suficiente para que a técnica do Villa pedisse tempo. Mas não adianto, pois do outro lado da rede estava a central Juciely, a maior pontuadora da partida, com 12 pont…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

RIO DE JANEIRO E PRAIA CLUBE TERMINAM A 1ª FASE NA LIDERANÇA

RIO DE JANEIRO X SAN MARTIN (PER)

A partida entre Rexona/Sesc/Rio de Janeiro e o San Martin (Peru), na noite desta quinta-feira no Centro Olímpico em Uberaba, foi marcada pela reedição da final do Sul-Americano disputado em 2016 na Argentina. E mais uma vez, a equipe carioca saiu com a vitória por 3 sets a 0.
Na primeira bola do jogo, o Rio de Janeiro inaugurou o placar, mas o San Martin em dois ótimos lances, virou o jogo em 2 a 1. Parecia que a partida seria duríssima para a equipe brasileira; um duelo ponto a ponto; até o Rexona abrir vantagem de 4 pontos (12x8), e o técnico peruano ser obrigado a pedir tempo. Mesmo depois da parada, o RJ, manteve o padrão para fechar o set em 25x16.
No 2º set, o Rexona entrou inspirado, abrindo quatro pontos de cara. Foi o suficiente para que o técnico do San Martin parasse o jogo. Mas a bronca, não surtiu efeito, e a equipe continuo desligada em quadra, errando vários saques e ataques; deixando o Rexona abrir 10 pontos  de diferença e fechar a p…

MESMO COM BLECAUTE, REXONA ABRE MUNDIAL COM UMA BELA VITÓRIA

O atual campeão mundial e líder isolado dessa edição da Superliga, o Rio de Janeiro, apresentou o seu "cartão de visitas" na noite de hoje, pelo Mundial Interclubes de Vôlei em Uberaba.

Em uma partida tranquila, a equipe do Rexona/Sesc/Rio de Janeiro começou dominado o 1º set. Quando o placar mostrava 08 a 03 para o Rio, um apagão pegou todo mundo de surpresa; suspendendo a partida em 10 minitos. Mesmo com paralização a equipe de Bernardinho não perdeu o foco, abrindo 10 pontos de diferença (19x9). E quando o Boca Juniors pensou em reagir, as cariocas fecharam o placar em 25 a 17.
No 2º set, o Rio continuou tomando conta do jogo, fechando a parcial em 25 a 08. No terceiro e decisivo set, as Hermanas saíram na frente, mais logo deixaram o Rio de Janeiro virar e fechar o placar em 25 a 08. Resultado Final: Rio de Janeiro 3 - Boca Juniors 0.  

Após o jogo, entrevistamos  a líbero Fabi da equipe do Rexona, confira:



O Rio de Janeiro volta a quadra na quinta-feira, às 19h, para en…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

/