Pular para o conteúdo principal

OLIMPÍADAS RIO 2016 - POR O BRASILEIRO



                                 


Apesar de todas as adversidades, duvidas e questionamento, os Jogos Olímpicos "Rio 2016", foram realizados em nosso país. Uma marco histórico na verdade, sendo o 1º na America Latina. Bom, como somos apaixonados por esportes, esperávamos uma grande campanha nessa edição, muito disso por sermos sede dos jogos. 

Até um certo momento da competição parecia que não, mas o resultado final foi superintendente, ficamos em 13º lugar no quadro geral de medalhas, a nossa melhor campanha. Os nossos atletas conquistaram 19 medalhas (7 ouro, 6 prata, 6 bronze) superando a nossa melhor campanha, que foi nos jogos de Londres, em 2012, com 17 medalhas. Outra marca impontante, foi a conquista das 7 medalhas de Ouro, superando a campanha de Atenas 2004, com 5 medalhas. 

Vimos Phelps e Bolt entrando literalmente para a história em suas ultimas participações em jogos olímpicos, Diego Hypolito dando a volta por cima no solo, Rafaela Silva, passando por cima do preconceito e conquistando a redenção, Robson Conceição, um gigante no ringue, Thiago Braz, saltando para a conquista inédita, Izaquias Queiroz remando forte para se tornar o primeiro brasileiro a conquistar três medalhas numa mesma edição de Olimpíada. E finalmente, a primeira medalha de ouro da seleção brasileira de futebol masculino. 



E aguardamos o "verdadeiro legado olímpico"  em nosso país. Parabéns a todos os atletas que verdadeiramente lutaram pelo BRASIL.

Ass. O Brasileiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - INSURGÊNCIA SERTANEJA

Por: André Montandon e Verônica Furtado
Formada por Jéssica Carvalho (violão e voz), João Chiaratti (percussão, viola e voz), Karine Rodrigues (violino e voz), Maycol Mundoca (alfaia e voz) e Pedro Calota (percussão, violão e voz), a Insurgência Sertaneja é uma banda de música autoral uberabense, que trabalha os diversos ritmos melódicos e poéticos do sertão. Em uma mistura de música e poesia, a banda faz releituras de ritmos essencialmente brasileiros, fazendo uma viagem aos sertões através de ritmos como o baião, o carimbó, o congado, a moda de viola e o cordel em busca de desmistificar o sertanejo. 
Mesmo com pouco tempo de carreira, a Insurgência Sertaneja já levou a sua arte para diversas cidades do país, em festivais e eventos, dividindo palco com grandes nomes da musica brasileira.  Além do lançamento do álbum de estreia, "Meu sotaque, minha sina", em 2017.  Agora, o "bando" (como eles mesmos denominam),  prepara um super show cheio de novidades, no dia 18 …

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL