Pular para o conteúdo principal

EQUIPE DE UBERABA SE PREPARA PARA LIGA NACIONAL DE HANDEBOL


Pela primeira vez, Uberaba disputará a Liga Nacional de Handebol. O elenco uberabense, é composto por 15 atletas locais e 10 de Brasília, ocupa a Chave B da competição, ao lado de São José, Taubaté, São CaetanoVasco. 

Equipe de Uberaba. Foto: Reprodução internet

Há 15 anos no comando da equipe, o técnico Karel Avelar projeta as dificuldades da competição com a rotina de treinos para aumentar o nível da equipe. A preparação para a competição nacional, foi iniciada há dois meses.

A Liga Nacional é o segundo evento de grande porte realizado em nossa cidade. Em julho, o Centro Olímpico foi palco do Mundial Masculino Sub-21 de Handebol . O técnico destacou ainda, que ter a cidade na rota dessas competições contribui e fomenta o handebol na cidade.

A competição começou oficialmente no ultimo sábado, com jogo da Chave A entre o Maringá e o Londrina. A partida foi equilibrada terminado com a vitória do Maringá por 28 a 27. Também fazem parte desse grupo: Itajaí-SC, Pinheiros-SP e Juiz de Fora

Uberaba estreia em casa contra São Caetano no dia 24 (quinta), às 19h30, no Centro Olímpico. A final da competição está prevista para 19 de dezembro, ainda sem local definido.

Vamos apoiar a nossa equipe nessa grande competição. É Uberaba figurando nos grandes eventos do país.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações p…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL