Pular para o conteúdo principal

CONHEÇA EDUARDO KOBRA

Eduardo Kobra. Foto: Divulgação internet
O paulista Eduardo Kobra, teve o seu primeiro contato com a arte por volta de 1987, junto com a segunda geração do grafite, sob a influência do hip hop. Dono de um estilo realista característico, ele enche de cores e desenhos os muros por onde passa. Suas criações são ricas em detalhes, que mesclam realidade e um certo transformismo grafiteiro. A maior parte dos seus trabalhos retrata a São Paulo da primeira metade do século XX, como no projeto “Muros da memória”.




Além do projeto - Muro das Memórias - e de vários outros grafites feitos no Brasil e Exterior, Kobra já trabalhou para empresas como Playcenter, Beto Carrero World, Coca-Cola, Nestlé, Chevrolet, Ford, Roche, Johnnie Walker, além de ter trabalhado com o arquiteto Sig Bergamin para a Lê Lis Blanc. Em alguns trabalhos conta com a parceria do arquiteto, urbanista e especialista em arte pública Márcio Rodrigues Luiz. Fundou em 95, o Studio Kobra, onde comanda uma equipe especializada em pintura de painéis artísticos. 

Ele realizou na Praça Patriarca, no centro de São Paulo, a primeira pintura em 3D sobre pavimento do Brasil. Confira um pouco do trabalho desse grande artista:

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet

Foto: Divulgação internet




Veja tudo sobre Eduardo Kobra em: eduardokobra.com 

                                                    facebook.com/pages/Eduardo-Kobra


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações p…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL