Pular para o conteúdo principal

BRASIL, PAÍS DO FUTEBOL? - POR O BRASILEIRO


Não, não é mais, a muito tempo que o nosso futebol deixou se ser encantador, envolvente, efetivo, vários são os fatores que provocaram a "involução" do futebol brasileiro, nessa Mundial ficou claro que está tudo errado por aqui, não apenas dentro de campo mais principalmente fora dele e mudanças são necessárias. O grupo que comanda a Confederação Brasileira de Futebol há tanto anos é um bactéria que consome e destrói a nossa maior paixão, um esporte que está no sangue e consegue parar um país inteiro.

A conquista da Alemanha demostrou que para atingir um objetivo é necessário ter compromisso, investir na construção de uma base, dando um passo de cada vez para que etapas não sejam queimadas e com isso chegar ao sucesso.

Sabemos que nada acontece da noite para o dia, e sendo assim, já é hora de uma revolução, de uma novo BRASIL. Temos de acabar com essa cultura do "oba oba", do "jeitinho brasileiro", "do não podemos", " do não adiante, nunca vai mudar", chega! Ficamos triste pela campanha da nossa seleção, mais dessa derrota uma lição foi tirada, TEMOS QUE MUDAR. E essa atitude tem que partir de nós. A Copa acabou e temos muito a fazer, a hora é essa não podemos esperar.

Parabéns a Seleção Alemã. Parabéns povo brasileiro, que fez desse Mundial o melhor de todos os tempos, tenha sempre orgulho dessa nação, vamos começar a nossa revolução. Acaba a COPA e começa a ELEIÇÃO.


Ass: O BRASILEIRO.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações p…

ELEIÇÕES 2018 - CANDIDATOS CRIATIVOS DE MINAS GERAIS - PARTE II

Achou que tinha acabado né????
Confira a segunda parte da seleção dos candidatos mais criativos do nosso estado.