Pular para o conteúdo principal

Naça Vence por 2 x 1 no fim do jogo................

Depois de dois empates, o Nacional enfim venceu na Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Nesta quarta-feira, no Uberabão, pela 3ª rodada, o Elefante derrotou o Portal de Uberlândia por 2 x 1.

Com o resultado nessa noite fria, o Alvinegro da Rodovia soma 5 pontos, ultrapassando o próprio CAP, que permanece com 3. Unitri e Jacutinga lideram a Chave A, com 7 cada.

O jogo – Os gols saíram no segundo tempo. O Naça abriu o placar aos 13 minutos, na jogada pessoal de Chitão, que encheu o pé.

O empate dos visitantes não demorou. Aos 17, Daniel Morais, ex-USC, aproveitou rebote do goleiro Glayson em cobrança de falta (duvidosa) e deixou tudo igual.

Já no fim, aos 40, o gol da vitória. Paulinho Jaú cruzou e Jonatan Reis, que tinha saído do banco, substituindo Chitão, marcou de cabeça.

Domingo, o Naça enfrenta o zerado Esportivo, na casa do adversário. O lanterninha só levou goleadas até aqui.

Equipe
O Nacional, do técnico Pedrinho Medina, jogou com: Glayson; Pelezinho, Levi, Balduíno, Assis; Dedê (Uander), Jonathan Andrade, Paulinho Jaú, Michel Cury; Chitão (Jonatan Reis) e Laerte (Dalmo).
 
Fonte: www.jornalreplay.net
 
 
 
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Sousa

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações par…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL