Pular para o conteúdo principal

ESTADO AMERICANO LIBERA PORTE DE ARMA PARA DEFICIENTES VISUAIS

O estado norte-americano de Iowa, dos Estados Unidos, decidiu garantir  o direito a portes de armas de fogo aos deficiência visual.As informações são do jornal “USA Today”.

De acordo com o jornal  “USA Today”, não há como questionar a lei, pois a Constituição estadual impede que xerifes neguem o porte de arma baseados em deficiência física. Várias são as opiniões sobre a liberação. Um dos defensores da medida, o xerife Warren Wethington, do condado de Cedar, já está praticamente comprovado que  os deficientes visuais pode manipular armas com segurança. Do outro lado, o xerife Don Vrotsos, do condado de Dubuque, resolveu desafiar a lei e disse que não dará permissão de porte de arma a cegos.

Em janeiro deste ano, o astro pop Stevie Wonder afirmou, após massacre da escola primária de Sandy Hook, o que pensava sobre o controle de armas nos EUA: “Imagine se eu tivesse uma arma. Seria loucura!”


Foto: Reprodução internet
Agora em Iowa, não da mais para ficar: "mais perdido que cego em tiroteio".


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - ERVA MATT

Por: André Montandon

Uma das mais tradicionais bandas de rock independente de Uberaba, iniciou suas atividades em 1996, tendo como influência os grandes nomes do rock dos anos 80, além do fortalecimento da cena nacional.
Após 10 anos de estrada e mesmo com o grande sucesso da musica "Romeu e Julieta", decidiram "dar um tempo" na carreira após algumas frustrações.

Mas o amor pela musica falo mais alto e em 2015 eles voltaram com toda energia, com Fábio Parré na guitarra, Giovanni Dumdum na batera, Rogério Possati no baixo e Well Nandes nos vocais. Lançaram em 2017 o vídeo clipe de "Romeu e Julieta"; Esse ano,  o segundo EP em formato digital com o selo da Tratore e o vídeo clipe da musica "E vem".

Batemos um papo com baixista Rogério Possati que nos contou um pouco mais dessa história e muito mais!! Confiram:

- Do inicio em 1996 pra cá, muita coisa rolou não só com a banda, mas com a cena musical. Conte-nos um pouco da trajetória da banda? 
Rogéri…