Pular para o conteúdo principal

ADEUS, DJALMA SANTOS

Foto: Reprodução internet



O Bicampeão mundial com a Seleção Brasileira, o ex-lateral direito Djalma Santos de 84 anos, morreu na noite desta terça-feira. Djalma estava internado no Hospital Dr. Hélio Angotti e não resistiu a uma parada cardiorrespiratória, causada por decorrência de uma pneumonia grave e instabilidade hemodinâmica.

Considerado um dos maiores jogadores brasileiros da história, Djalma despontou no futebol profissional na Portuguesa,  foi ídolo no Palmeiras, onde jogou durante nove anos e conquistou vários títulos e no Atlético Paranaense, onde encerrou a carreira.






Foi eleito por especialistas no mundo todo como o maior lateral direito da história do futebol, incluindo revistas, jornalistas e meios de comunicação. Disputou mais de cem partidas pela Seleção Brasileira de Futebol, incluídas as Copas do Mundo de 1954, 1958, 1962 e 1966.

Foto: Reprodução internet

Djalma Santos escolheu Uberaba para viver há 33 anos, quando veio passear na casa dos parentes  da ex-mulher, falecida. Coordenou o projeto "Bem de rua, bom de Escola" da Prefeitura de Uberaba e foi Secretario de Esportes na gestão do Prefeito Odo Adão em 2004.

Mais de mil pessoas foram ao velório e acompanharam o cortejo feito pelo Corpo de Bombeiros. Ele foi enterrado na tarde desta quarta-feira, no cemitério São João Baptista, em Uberaba.

Foto: Mariana do Espírito Santo
A equipe do zebunarede nesse momento de tristeza, presta uma pequena homenagem a esse grande atleta brasileiro que em toda a sua carreira proporcionou alegria aos amantes do futebol. Obrigado por tudo Djalma e descanse em paz.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - ERVA MATT

Por: André Montandon

Uma das mais tradicionais bandas de rock independente de Uberaba, iniciou suas atividades em 1996, tendo como influência os grandes nomes do rock dos anos 80, além do fortalecimento da cena nacional.
Após 10 anos de estrada e mesmo com o grande sucesso da musica "Romeu e Julieta", decidiram "dar um tempo" na carreira após algumas frustrações.

Mas o amor pela musica falo mais alto e em 2015 eles voltaram com toda energia, com Fábio Parré na guitarra, Giovanni Dumdum na batera, Rogério Possati no baixo e Well Nandes nos vocais. Lançaram em 2017 o vídeo clipe de "Romeu e Julieta"; Esse ano,  o segundo EP em formato digital com o selo da Tratore e o vídeo clipe da musica "E vem".

Batemos um papo com baixista Rogério Possati que nos contou um pouco mais dessa história e muito mais!! Confiram:

- Do inicio em 1996 pra cá, muita coisa rolou não só com a banda, mas com a cena musical. Conte-nos um pouco da trajetória da banda? 
Rogéri…