Pular para o conteúdo principal

Nacional estreia na 2ª fase da Terceirona

O Nacional está pronto para sua estreia na segunda fase da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro, a popular Terceirona. O primeiro compromisso acontece logo mais às 20h, contra o Valério, no estádio Uberabão. Para este jogo, o pensamento é um só, conquistar a vitória para sair na frente em busca da vaga para a semifinal da competição.

Por isso, o treinador Erick Moura promete um time bastante ofensivo para o compromisso desta noite. “Jogando em casa, temos a responsabilidade de vencer. São três partidas em casa e para classificar, precisamos vencer todas elas e ainda conquistar pontos longe dos nossos domínios. Temos que ganhar do Valério a qualquer custo”, disse o treinador, logo após o coletivo de terça-feira.

Segundo Erick, que conhece alguns jogadores e o técnico do Valério, o experiente Zezito, o adversário tem uma equipe jovem, que deve atuar na defesa e usar como arma principal, os contra-ataques para tentar surpreender o Naça.

O lateral-esquerdo Alemão, que dependia da regularização de sua documentação, teve seu nome no Boletim Informativo Diário da CBF na tarde de ontem, e vai para o jogo. Então, Erick Moura deve mandar a campo o time no 3-5-2, com Tiago Neimar; Alex, Jonatan Machado e Luciano; Ricardo Pelezinho, Balduíno, Thiago Carvalho, Everton e Alemão; Jouberth e Robinho. 

Para o banco de reservas, Erick deverá ter como opções Rafael Broetto, Breno, Marcelino, Tiago Pitbull e Guma, restando duas vagas para os demais atletas do grupo alvinegro. Felipe Nogueira, insatisfeito por ter perdido a vaga de titular, nem no banco de reservas ficará esta noite. A jornada esportiva para Nacional x Valério começa às 18h na Rádio JM - AM 730 kHz.

Ingresso. O torcedor que quiser assistir ao duelo no Uberabão terá que desembolsar R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) pelo ingresso.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - CARNE DOCE

Por: André Montandon e Verônica Furtado
Fundada em Goiânia por Salma Jô e Macloys (Mac) em 2013, o Carne Doce é uma das mais importantes bandas do indie brasileiro. A ótima avaliação do primeiro disco autointitulado, que ocupou várias listas em 2014, foi ampliada em "Princesa", um dos mais elogiados lançamentos brasileiros de 2016.

Com apoio da Natura Musical, a banda formada por Salma Jô (voz), Macloys Aquino e João Victor Santana (guitarra), Anderson Maia (baixo) e Ricardo Machado (bateria). acabam de lançar seu terceiro disco, “Tônus”. E nós teremos a oportunidade de conferir esse novo trabalho, no dia 15 de setembro, no Laboratório 96.

Aproveitamos essa visita para bater um papo com o guitarrista Mac. Confira:

Como começou a ser desenhado o álbum Tônus e como foi o seu processo de produção?
Mac - O disco começou a ser concebido no final de 2017 pela necessidade de sucedermos o "Princesa", que ainda é um disco que caminha, ainda é "descoberto", mas que j…