Pular para o conteúdo principal

Umidade do ar pode melhorar a partir de quinta

Umidade do ar cai e a população sofre com as altas temperaturas. Durante esta semana, a umidade do ar está entre 14 e 15%, chegando em alguns momentos a 12%, nível semelhante aos ocorridos em regiões desérticas, com grande risco para a população. Por isso, a orientação é não ficar exposto ao sol, porque em baixas umidades a quantidade de raios UVA e UVB aumenta.

A névoa seca que se formou está com os dias contados. A boa notícia é que a umidade do ar vai melhorar na quinta-feira (13) à noite com a chegada de uma massa de ar polar que está no litoral. Entretanto, ainda não há previsão de chuva.

De acordo com o climatologista Ruibram dos Reis, a temperatura de 37ºC irá amenizar levemente. “Está crítico mesmo e o que acontece é uma massa de ar quente atuando no continente. A massa de ar polar, que está no oceano, começa a influenciar no continente na sexta-feira (14), trazendo umidade, e a temperatura vai cair muito pouco, para algo em torno de 32ºC. Um alívio muito pequeno. Nenhuma previsão de chuva para os próximos dias”, informa.

A tendência nesta primavera é de bater recordes históricos de temperatura na região. A quantidade de focos de incêndio também aumenta e pode piorar com a previsão de que não haverá chuvas nos próximos dias, segundo Ruibram, como também só começará a precipitação de água no começo de outubro.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações p…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL