Pular para o conteúdo principal

Nacional será julgado hoje no TJD

Enquanto o Nacional aguarda a divulgação da tabela da segunda fase da Terceirona do Campeonato Mineiro, o que deve acontecer amanhã, o departamento jurídico do Alvinegro terá trabalho esta noite. Isso porque o clube será julgado no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD). A partir das 19h, em Belo Horizonte, na sede da Federação Mineira de Futebol (FMF), o TJD julgará o Naça, com base nos artigos 214, 243-F e 191 III do CBJD. 

O artigo 214 (Inclusão na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente) é referente ao atleta Thiago Carvalho, que teria sido escalado de forma irregular no duelo com o Portal, na estreia da competição. 

No entanto, após a FMF comunicar ao clube, o jogador não participou da segunda rodada e o advogado Marcelo Palis conseguiu converter a pena em cestas básicas para a Associação de Garantia ao Atleta Profissional de Belo Horizonte, com prazo de 24 horas, o que foi feito pela diretoria do Alvinegro de JK.
No mesmo processo, o preparador físico Eulo Lúcio Vaz está incurso no artigo 243-F (Ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto). 

No processo de número 287/12, o Alvinegro está incurso no artigo 191, III (Das infrações relativas  de regulamento, geral ou especial, de competição). O advogado Marcelo Palis revelou que estará em Belo Horizonte para acompanhar os julgamentos esta noite.

Quem está em situação semelhante a do Nacional é o União Luziense. O clube, que garantiu vaga na segunda fase da Terceirona e está no grupo do Alvinegro de JK, também está incurso no artigo 214, e será julgado nesta noite, na capital mineira.

Reforços. O técnico Erick Moura não escondeu que o time buscará reforços para a segunda fase da competição. O comandante do Alvinegro vai se reunir hoje com a diretoria para reiterar o desejo de contar com novos jogadores.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações p…

ELEIÇÕES 2018 - CANDIDATOS CRIATIVOS DE MINAS GERAIS - PARTE II

Achou que tinha acabado né????
Confira a segunda parte da seleção dos candidatos mais criativos do nosso estado.