Pular para o conteúdo principal

EMPRESA EUROPEIA DESENVOLVE COMPUTADOR 98% RECICLÁVEL


Uma parceria entre o instituto alemão Fraunhofer IZM e a empresa irlandesa MicroPro resultou no desenvolvimento de um computador touchscreen 98% reciclável. O PC iameco (I am Eco) V3 tem estrutura em madeira e foi desenhado para ter o máximo de eficiência energética.


Além de ter 98% dos componentes recicláveis, 20% podem ser reutilizados de maneiras simples. Os desenvolvedores do produto também se preocuparam em diminuir ao máximo a quantidade de halógeno nos componentes eletrônicos, como os processadores. Outra vantagem do produto é a durabilidade, pois suas peças podem ser facilmente substituídas.




A pegada ecológica para a produção de um iameco parece grande – são 360 quilogramas de CO2 emitidos – mas esse número chega a ser 70% mais baixo que de um computador normal.

O investimento em tecnologia mais eficiente e "limpa" é de suma importância para um desenvolvimento sustentável.










Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - CARNE DOCE

Por: André Montandon e Verônica Furtado
Fundada em Goiânia por Salma Jô e Macloys (Mac) em 2013, o Carne Doce é uma das mais importantes bandas do indie brasileiro. A ótima avaliação do primeiro disco autointitulado, que ocupou várias listas em 2014, foi ampliada em "Princesa", um dos mais elogiados lançamentos brasileiros de 2016.

Com apoio da Natura Musical, a banda formada por Salma Jô (voz), Macloys Aquino e João Victor Santana (guitarra), Anderson Maia (baixo) e Ricardo Machado (bateria). acabam de lançar seu terceiro disco, “Tônus”. E nós teremos a oportunidade de conferir esse novo trabalho, no dia 15 de setembro, no Laboratório 96.

Aproveitamos essa visita para bater um papo com o guitarrista Mac. Confira:

Como começou a ser desenhado o álbum Tônus e como foi o seu processo de produção?
Mac - O disco começou a ser concebido no final de 2017 pela necessidade de sucedermos o "Princesa", que ainda é um disco que caminha, ainda é "descoberto", mas que j…