Pular para o conteúdo principal

40 ANOS DEPOIS

O americano Bill Feeney recebeu de volta uma carteira que havia perdido em 1973. Ele tinha perdido o objeto enquanto caminhava para pegar o ônibus em Greenwich, no estado da Virgínia (EUA), segundo o jornal "Gloucester County Times".


Foto: Reprodução


Na época, Feeney trabalhava como operador e pretendia visitar sua família em Westville, no estado de Nova Jérsei. No entanto, quando chegou ao ponto de ônibus, ele percebeu que havia perdido a carteira.

O senhor Evans havia achado a carteira enquanto limpava uma cerca em 1975. Na época, ele tentou encontrar o dono da carteira, mas sem sucesso. Recentemente, no entanto, ele conseguiu achar Feeney através da internet. São um dos benefícios que a internet proporciona.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - MENINO MESTIÇO

Por: André Montandon e Verônica Furtado

Natural de Uberaba, Guilherme de Oliveira Junior, mais conhecido como Menino Mestiço é tido como uma dos grandes letristas da região. Escrevendo desde 2007, suas letras fomentam reflexão, constroem diálogos e empodera aqueles que são invisibilizados pela sociedade. Atuante na cultura Hip-Hop desde 2011 através das batalhas de MCs, em 2015 conseguiu de forma independente distribuir sua primeira mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita em Si Mesmo", contendo as canções "Cantiga de Roda", "Queijo Minas" e "Negro Não Nego" música que ficou em terceiro lugar no Festival de Música autoral de Uberaba. No ano seguinte, se consolida como promessa na região com sua segunda mixtape "Abençoado Seja o Que Acredita e Vai à Luta", com destaques para os sons "Sem Sinal de Vida", "Anos 2000" e "Gatilho da Revolução. O artista também é responsável por inúmeras atividades como apresentações p…

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL