Pular para o conteúdo principal

40 ANOS DEPOIS

O americano Bill Feeney recebeu de volta uma carteira que havia perdido em 1973. Ele tinha perdido o objeto enquanto caminhava para pegar o ônibus em Greenwich, no estado da Virgínia (EUA), segundo o jornal "Gloucester County Times".


Foto: Reprodução


Na época, Feeney trabalhava como operador e pretendia visitar sua família em Westville, no estado de Nova Jérsei. No entanto, quando chegou ao ponto de ônibus, ele percebeu que havia perdido a carteira.

O senhor Evans havia achado a carteira enquanto limpava uma cerca em 1975. Na época, ele tentou encontrar o dono da carteira, mas sem sucesso. Recentemente, no entanto, ele conseguiu achar Feeney através da internet. São um dos benefícios que a internet proporciona.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - CARNE DOCE

Por: André Montandon e Verônica Furtado
Fundada em Goiânia por Salma Jô e Macloys (Mac) em 2013, o Carne Doce é uma das mais importantes bandas do indie brasileiro. A ótima avaliação do primeiro disco autointitulado, que ocupou várias listas em 2014, foi ampliada em "Princesa", um dos mais elogiados lançamentos brasileiros de 2016.

Com apoio da Natura Musical, a banda formada por Salma Jô (voz), Macloys Aquino e João Victor Santana (guitarra), Anderson Maia (baixo) e Ricardo Machado (bateria). acabam de lançar seu terceiro disco, “Tônus”. E nós teremos a oportunidade de conferir esse novo trabalho, no dia 15 de setembro, no Laboratório 96.

Aproveitamos essa visita para bater um papo com o guitarrista Mac. Confira:

Como começou a ser desenhado o álbum Tônus e como foi o seu processo de produção?
Mac - O disco começou a ser concebido no final de 2017 pela necessidade de sucedermos o "Princesa", que ainda é um disco que caminha, ainda é "descoberto", mas que j…