sexta-feira, 25 de maio de 2012

Moradores do Recreio protestam contra mudanças no transporte

Moradores dos bairros Recreio dos Bandeirantes e Jardim Maracanã realizaram ontem manifestação contra mudanças no transporte coletivo. A equipe do transporte coletivo da prefeitura fez reuniões nos bairros para anunciar algumas medidas, entre elas a supressão da linha 53 – Jardim Maracanã/Abadia, que não vai mais passar pelos bairros em questão. Entretanto, os moradores não aceitaram a determinação, que passa a vigorar a partir desta sexta-feira, e ontem realizaram manifestação pacífica no bairro. Com cartazes, o grupo impediu a passagem do ônibus, com o intuito de chamar a atenção das autoridades.

De acordo com Adriane Aparecida, moradora do bairro Recreio dos Bandeirantes, todos pedem para que a prefeitura não retire a linha Jardim Maracanã, pois atende os moradores até o bairro Abadia, em locais importantes, como o Hospital de Clínicas e a Escola Estadual Nossa Senhora da Abadia. Segundo ela, várias crianças do bairro estudam nesta escola. “Estão querendo tirar esta linha e deixar apenas uma que vai ter de atender três bairros: além do Jardim Maracanã, o Recreio dos Bandeirantes e o Jardim Alvorada. Com certeza, será pouco para atender à demanda”, explica Adriane Aparecida.

A moradora ressalta, ainda, que, ao contrário do que muitos pensam, a Prefeitura iria ampliar atendimento aos bairros, mas na verdade está diminuindo a quantidade de veículos. “Participei da reunião em que a equipe da prefeitura apresentou o projeto pronto, e não pediu a opinião de ninguém. Tentamos conversar, mas foi em vão, foram grossos e disseram que a medida seria implantada mesmo assim. Por isso a nossa revolta. Com essa manifestação, queremos chamar a atenção das autoridades para que não retirem esta linha de ônibus, pois é essencial para nós”, afirma.

O Departamento de Operação e Fiscalização do Transporte Coletivo realizou um estudo de origem, destino, embarque e desembarque das linhas de ônibus que atendem os bairros. Na linha 55 – Recreio dos Bandeirantes foi constatado que a frequência é de 50 minutos, isto é, o tempo de espera pelo ônibus, mas esta linha não atende o Alvorada. Já na linha 53 – Jardim Maracanã/Abadia, que atende os bairros em questão, a frequência é de 100 minutos e a demanda é pouca, já que grande parte dos usuários é de moradores do bairro Abadia, o que mostra que não estava atendendo os usuários dos bairros citados.

Diante disso, em entrevista ao Jornal da Manhã, assim que os moradores procuraram a reportagem, Claudinei Nunes, diretor do departamento, disse que chegou à conclusão de que a linha 53 deveria ser suprimida e a linha 55 vai passar a atender o bairro Alvorada. E, ainda, com uma frequência menor, de apenas 30 minutos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário