sexta-feira, 25 de maio de 2012

Consumidor não aprova fechar supermercados aos domingos

Demonstrando descontentamento, leitores do Jornal da Manhã enviaram mensagens a respeito da discussão acerca do fechamento dos supermercados uberabenses aos domingos. A hipótese foi levantada por causa da dificuldade de se montarem escalas de trabalho nas empresas neste dia da semana.

Matusalém Alves, vice-presidente da Associação dos Supermercadistas de Uberaba (Assuper), lembra que a discussão é preliminar e deve se levar muito tempo ainda para que se chegue a um consenso.

Por outro lado, o leitor Eduardo Oliveira Mendes, por meio de e-mail enviado à Redação, entende que tal decisão deve ser tomada de forma individual pelos estabelecimentos. “Quem quiser abrir as portas, que abra”, disse, afirmando que se configura em prática de cartel o ato de se combinar entre si para não haver prejuízo individual, prejudicando a população.

Entretanto, o presidente da Assuper, que já havia reconhecido que tal medida deve gerar impactos no setor, frisa que a intenção de tal decisão seria melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores do setor. Segundo ele, porém, trata-se de uma discussão inicial apenas “ventilou-se” essa possibilidade. “Estamos apenas discutindo o assunto. O consumidor não tem por que se preocupar. Precisamos de muito tempo para chegar a uma posição definitiva, já que a categoria é muito grande. No entanto, caso isso ocorra, será em forma de lei, para que todos cumpram”, disse, referindo-se às grandes redes supermercadistas instaladas na cidade, como o Bretas, hipermercado que funciona no Shopping Uberaba. “No passado recente, os supermercados não trabalhavam aos domingos. Mas ainda é apenas uma discussão. Tudo isso leva tempo e ainda não sabemos se a ideia será aprovada”, finalizou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário