Pular para o conteúdo principal

Resíduos do Água Viva esta gerando transtornos no bairro Cartafina

Moradores da rua Bernardo Berber Martinez, localizada no bairro Silvério Cartafina, reclamam de terreno que tem virado depósito de lixo e entulho. Conforme informações de residentes da via, constantemente caminhão de construtora que presta serviços no projeto Água Viva vai até o local, onde descarrega terra e sujeira.

De acordo com Patrícia Ferreira, filha de moradora da rua, vários montes de terra retirados de outros locais são jogados naquele terreno, assim como entulhos. “Diariamente, diversos caminhões de uma construtora, empresa prestadora de serviços para a Prefeitura no projeto Água Viva no bairro, despeja vários caminhões de terra e sujeira no terreno.” Nesta rua mora um senhor de 82 anos que faz uso contínuo de oxigênio e é obrigado a ficar com a casa fechada por conta da ação do vento, que leva poeira para dentro da residência, comenta Ferreira.

Os moradores não sabem dizer de quem é o terreno. A princípio acreditavam ser de um frigorífico. Mas também ouviram dizer ser de propriedade da Prefeitura e a partir de então fizeram abaixo-assinado reclamando sobre a situação do terreno, que foi entregue na Prefeitura. Diante do documento foram informados de que o terreno pertence ao Estado de Minas Gerais, explica Ferreira.

De acordo com engenheiro da construtora cujos caminhões descarregam no terreno, José Humberto Dal Secco Nóbrega, a área é de um frigorífico. “Estamos aproveitando a terra retirada de obras do programa Água Viva para descarregar no local, onde estamos fazendo o aterro a pedido do proprietário. No entanto, hoje a construtora encaminhará trator para acertar o terreno, jogando a terra para o fundo, e um caminhão-pipa para lavar a rua.”

De acordo com diretor do departamento de Posturas, Renato Formiga, os moradores devem ter compreensão, pois o serviço que está sendo feito no local é de aterramento. “Os imóveis em situação irregular são autuados, mas neste caso o procedimento é normal, já que faz parte do nivelamento do local. A construtora está dentro das normas de construções regidas pelo município. Porém as empresas devem ter bom senso de jogar água no local para amenizar a poeira, principalmente nesta época de seca.”




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FIQUE LIGADO NA AGENDA CULTURAL

ZEBUNAREDE ENTREVISTA - ERVA MATT

Por: André Montandon

Uma das mais tradicionais bandas de rock independente de Uberaba, iniciou suas atividades em 1996, tendo como influência os grandes nomes do rock dos anos 80, além do fortalecimento da cena nacional.
Após 10 anos de estrada e mesmo com o grande sucesso da musica "Romeu e Julieta", decidiram "dar um tempo" na carreira após algumas frustrações.

Mas o amor pela musica falo mais alto e em 2015 eles voltaram com toda energia, com Fábio Parré na guitarra, Giovanni Dumdum na batera, Rogério Possati no baixo e Well Nandes nos vocais. Lançaram em 2017 o vídeo clipe de "Romeu e Julieta"; Esse ano,  o segundo EP em formato digital com o selo da Tratore e o vídeo clipe da musica "E vem".

Batemos um papo com baixista Rogério Possati que nos contou um pouco mais dessa história e muito mais!! Confiram:

- Do inicio em 1996 pra cá, muita coisa rolou não só com a banda, mas com a cena musical. Conte-nos um pouco da trajetória da banda? 
Rogéri…