Pular para o conteúdo principal

Consumo de energia aumenta no inverno

Com a chegada do inverno, os consumidores devem prestar atenção aos gastos com energia elétrica. Nesta época do ano, o uso de aquecedores, secadoras de roupas ou chuveiros tem aumento considerável. Este último é considerado um dos principais vilões da conta de luz.
 
De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o consumo do chuveiro por hora varia de acordo com a posição da chave. Na posição inverno fica entre 4,5 e seis quilowatts-hora (kWh) e na posição verão cai para 3,5kWh. A sugestão é diminuir o tempo do banho e fechar o registro na hora de se ensaboar. Os secadores de cabelo também gastam bastante energia: o uso do aparelho por cinco minutos todos os dias gera um consumo mensal de 2,5kWh a 3,75kWh.

O uso da secadora de roupas aumenta no tempo frio, mas o aparelho consome entre 120kWh e 150kWh por mês, quando é utilizado uma hora por dia. O consumidor também deve ficar atento ao uso de ferro de passar e da lavadora de roupas, procurando acumular as roupas para lavar, secar e passar em uma única vez, reduzindo o uso dos aparelhos e o consumo de energia.

A orientação da Cemig é para o consumidor dar preferência a alguns tipos de eletrodomésticos na hora da compra. Segundo o engenheiro de Comercialização de Energia, Hamilton Rodrigues Ribeiro, a dica é olhar os selos do Inmetro/Procel, que mostram o consumo em kWh. O adesivo é encontrado nos aparelhos mais novos vendidos no mercado. Mesmo se o produto for mais barato, é importante observar quanto ele consome de energia. “Qualidade e preço baixo resumem a compra perfeita”, completa.

Confira dicas de economia da Cemig 

Chuveiro
- Este é um dos aparelhos que mais consomem energia na residência.
- O ideal é evitar o seu uso no horário de ponta, entre 17h e 22h.
- Mantenha o chuveiro na temperatura verão. A economia pode chegar a 30%.
- Controle seu tempo debaixo da água quente.
- Não aproveite ou emende resistências.
- Feche a torneira quando estiver se ensaboando.

Iluminação
- Evite acender lâmpadas durante o dia e use mais a iluminação natural.
- Apague as lâmpadas dos ambientes desocupados.
- Prefira as lâmpadas fluorescentes, pois elas duram mais e gastam menos energia.
- Pinte paredes e tetos com cores claras, que refletem melhor a luz, diminuindo a necessidade de iluminação artificial.
- Utilize iluminação dirigida para leitura e trabalhos manuais.

Geladeira
- Evite abrir a geladeira frequentemente.
- Retire de uma só vez os alimentos de que precisa.
- Não armazene alimentos ainda quentes.
- Mantenha a borracha de vedação sempre em bom estado.
- Não utilize a grade traseira para secar roupas ou calçados.
- Quando for comprar geladeira ou freezer, observe se o produto tem o Selo Procel de Economia de Energia.

Ferro elétrico
- Evite ligar o ferro elétrico no mesmo horário que muitos outros aparelhos estiverem ligados. Ele sobrecarrega a instalação elétrica.
- Habitue-se a juntar a maior quantidade possível de roupas e passá-las de uma só vez.
- Siga as instruções de temperatura para cada tipo de tecido.
- Passe primeiro as roupas delicadas, que precisam de menos calor.
- Não deixe o ferro ligado sem necessidade.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UMA BREVE HISTÓRIA DE UBERABA

O povoamento da região de Uberaba teve início, no final do século XVIII, com sesmarias concedidas pela Capitania de Goiás, entre elas, a Fazenda das Toldas, ainda existente, concedida a Tristão de Castro Guimarães, e as Fazendas Santo Inácio, Ponte Alta e Bebedouro, concedidas, em 1799, ao Tenente Joaquim da Silva e Oliveira, irmão do Sargento-Mor Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira, todas estas fazendas situadas ao sul da atual Uberaba.

O povoado de Uberaba, foi fundada, em 1809, pelo sargento-mor comandante da Companhia de Ordenanças do Distrito do Julgado do Desemboque da Capitania de Goiás, Antônio Eustáquio da Silva e Oliveira.
A primeira casa de Uberaba, construída pelo Sargento-Mor Antônio Eustáquio, localizava-se na atual esquina da Praça Rui Barbosa com a Rua Artur Machado, do lado esquerdo de quem desce a rua Artur Machado.

Uberaba surgiu pela migração de familias que deixaram as já esgotadas regiões produtoras de ouro, porém fracas para agricultura, da Capitania d…

70 ANOS DA ESCOLA ESTADUAL MINAS GERAIS

Fundada em 1944, a Escola Estadual Minas Gerais é uma das instituições de ensino mais tradicionais de Uberaba e completa esse mês 70 anos. Uma série de ações serão desenvolvidas dentro e fora da instituição no intuito de apresentar para a comunidade uberabense toda a sua história.
Estão sendo realizadas diversas ações como, postagem de fotos antigas de alunos e funcionários na tentativa de descobrir que são os personagens de grande história. Entrevistas com ex-alunos, elaboração de um jornal contato a trajetória do minas, a construção de uma capsula do tempo que será aberta daqui à 10 anos, entre outras.
Um destaque especial para criatividade dos grafiteiros que deram vida aos muros externo do colégio. Demonstrando a importante da intervenção artística de grafiteiros na vida urbana. 


O prédio foi construído em 1929 e até hoje mantém as mesmas características. Foi nele que funcionou o primeiro quartel militar da cidade. E desde de 2013, o Conselho de Patrimônio Histórico e Artístico d…